sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Conto Erotico 4 - Fui apanhado pela minha mulher...

Sempre tive um fetish por pés e sapatos, desde a minha adolescência. Na altura não era muito usual falar-se dessas coisas, não havia o mundo da internet como hoje o conhecemos, e, como tal sempre o escondi da minha namorada, actual mulher.

Minha mulher é administradora de uma pequena empresa, como tal, anda com um roupa formal, uma camisa, uma saia pelo joelho, meias de vidro e sapato alto.
Quando chega a casa, por norma, eu já costumo lá estar. Ela descalça-se põe os sapatos na sapateira e vai tomar um banho. Quando ela entra para o banho eu realizo o meu fetish secreto. Dirijo-me para a sapateira, e vou cheirar os seus sapatos, lambê-los e por vezes até me masturbar com eles. Faço isso a maior parte dos dias, Era uma maneira de satisfazer este meu ponto fraco.

Certo dia, estava eu no meu habitual ritual oculto, quando ela abre a porta da casa de banho, tinha-se esquecido da toalha e me vê ao fundo do corredor a lamber seus sapatos. Chama-me e pergunta-me que era aquilo.

Envergonhado confesso meu desejo. Ela sorri, diz que sempre teve o mesmo desejo, que por vezes vê filmes de podolatria e se excita ao pensar em mim a beijar-lhe os pés, que isso a fazia sentir importante e poderosa perante mim.


Hoje, sempre que ela chega a casa, stressada do trabalho, me diz para lhe adorar os pés, e eu venero-a como uma deusa, tiro carinhosamente seus sapatos, suas meias de vidro, e lambo sua sola, chupo os seus dedos como ela gosta. Por vezes ela me esfrega seus pés na cara com um sorriso maldoso ou me obriga a lamber a sola dos sapatos e o salto. Já me aconteceu vir-me nos seus pés e ter que limpar tudo.

Meu casamento nunca esteve melhor. Eu amo a minha mulher e gosto de estar a seus pés, que é o lugar do homem perante a mulher.